twitter face

DÚVIDAS E PERGUNTAS

    Imprimir

Aqui você poder verificar algumas dúvidas já esclarecidas que foram retiradas do Site do INPI.
Maiores informações acesse o site - http://www.inpi.gov.br.

setavermelha MARCA

1. O que é marca?

Resposta: Marca é todo sinal distintivo, visualmente perceptível, que identifica e distingue produtos e serviços, bem como certifica a conformidade dos mesmos com determinadas normas ou especificações técnicas. A marca registrada garante ao seu proprietário o direito de uso exclusivo no território nacional em seu ramo de atividade econômica. Ao mesmo tempo, sua percepção pelo consumidor pode resultar em agregação de valor aos produtos ou serviços.

2. O que não é registrável como marca?

Resposta: Os sinais irregistráveis estão compreendidos no art. 124 da Lei da Propriedade Industrial. A Lei marcária brasileira não protege os sinais sonoros, gustativos e olfativos. Também não são registradas como marca sinal de caráter genérico, quando tiver relação com o produto ou serviço a distinguir; reprodução ou imitação, no todo ou em parte, ainda que com acréscimo, e marca alheia registrada; letra, algarismo e data, isoladamente; e, expressão de propaganda. Clique aqui para ver o artigo completo.

setavermelha PATENTE

1. O que é patente?

Resposta: Patente é um título de propriedade temporária sobre uma invenção ou modelo de utilidade, outorgado pelo Estado aos inventores ou autores ou outras pessoas físicas ou jurídicas detentoras de direitos sobre a criação. Com este direito, o inventor ou o detentor da patente tem o direito de impedir terceiros, sem o seu consentimento, de produzir, usar, colocar a venda, vender ou importar produto objeto de sua patente e/ ou processo ou produto obtido diretamente por processo por ele patenteado.Em contrapartida, o inventor se obriga a revelar detalhadamente todo o conteúdo técnico da matéria protegida pela patente.

2 . Quais são os tipos de patentes e prazo de validade?


Resposta:

a) Patente de Invenção (PI)

- Produtos ou processos que atendam aos requisitos de atividade inventiva, novidade e aplicação industrial.
- Sua validade é de 20 anos a partir da data do depósito.

b) Modelo de Utilidade (MU)

- Objeto de uso prático, ou parte deste, suscetível de aplicação industrial, que apresente nova forma ou disposição, envolvendo ato inventivo, que resulte em melhoria funcional no seu uso ou em sua fabricação.

- Sua validade é de 15 anos a partir da data do depósito.

c)Certificado de Adição de Invenção (C)

- Aperfeiçoamento ou desenvolvimento introduzido no objeto da invenção, mesmo que destituído de atividade inventiva, porém ainda dentro do mesmo conceito inventivo. O certificado será acessório à patente e com mesma data final de vigência desta.


setavermelha DESENHO INDUSTRIAL

1. O que é Registro de Desenho Industrial?

Resposta: É um título de propriedade temporário outorgado pelo Estado, por força de lei, ao autor ou pessoas cujos direitos derivem do mesmo, para que esta ou estas excluam terceiros, sem sua prévia autorização, de atos relativos à matéria protegida, tais como fabricação, comercialização, importação, uso, venda, etc. São exemplos de desenho industrial: a forma de uma luminária, de um móvel de decoração, de uma frasco de perfume.

 

2. O que é registrável como Desenho Industrial?

Resposta: É registrável como Desenho Industrial a forma plástica ornamental de um objeto ou conjunto ornamental de linhas e cores que possa ser aplicado a um produto, proporcionando visual novo e original na sua configuração externa e que possa servir de tipo de fabricação industrial.

Em alguns negócios, tão importante quanto a marca ou a tecnologia é o design (forma ornamental) que o produto apresenta. Nestes casos, você não pode se esquecer do registro de Desenho Industrial, pois ele é essencial para evitar a cópia. O registro é válido por dez anos, prorrogável por três períodos de cinco anos.


setavermelha INDICAÇÃO GEOGRÁFICA

1. O que é Indicação Geográfica (IG)?

Resposta: Ao longo dos anos, algumas cidades ou regiões ganham fama por causa de seus produtos ou serviços. Quando qualidade e tradição se encontram num espaço físico, a Indicação Geográfica surge como fator decisivo para garantir a diferenciação do produto.

As Indicações Geográficas se referem a produtos ou serviços que tenham uma origem geográfica específica. Seu registro reconhece  reputação, qualidades e características que estão vinculadas ao local. Como resultado, elas comunicam ao mundo que uma certa região se especializou e tem capacidade de produzir um artigo  diferenciado e de excelência.

2. Como definir uma Indicação Geográfica? 

Resposta: As Indicações Geográficas se dividem em:


a) Indicação de Procedência - é o nome geográfico de um país, cidade, região ou uma localidade de seu território que se tornou conhecido como centro de produção, fabricação ou extração de determinado produto ou prestação de determinado serviço. É importante lembrar que no caso da Indicação de Procedência, é  necessário apresentação de documentos que comprovem que o nome geográfico seja conhecido como centro de extração, produção ou fabricação do produto ou prestação do serviço.


b) Denominação de Origem - é o nome geográfico de país, cidade, região ou localidade de seu território, que designe produto ou serviço cujas qualidades ou características se devam exclusiva ou essencialmente ao meio geográfico, incluídos fatores naturais e humanos. Na solicitação da IG de Denominação de Origem, deverá ser apresentada também a descrição das qualidades e as características do produto ou serviço que se destacam, exclusiva ou essencialmente, por causa do meio geográfico, ou aos fatores.

 

setavermelha PROGRAMA DE COMPUTADOR


1. Se por lei o registro não é obrigatório, qual é a sua importância de registrar?


Resposta: Muita gente não sabe, mas o registro de software é fundamental para comprovar sua autoria e se tornou um requisito para participar de licitações governamentais. Este serviço se refere ao Direito de Autor e, portanto, seu prazo é diferente: a validade do direito é de 50 anos a partir do dia 1° de janeiro do ano subsequente à sua publicação ou, na ausência desta,

da sua criação.
Nos últimos anos, o registro de programa de computador está ficando mais simples e o código-fonte pode ser enviado em formato PDF. Confira abaixo as etapas do processo e seus requisitos.

 

2. O Registro do Programa de Computador só tem validade no território nacional?


Resposta: Quanto à sua abrangência, o Registro do Programa de Computador possui reconhecimento Internacional pelos países signatários do Acordo TRIPS (desde que cumprida a legislação nacional). No caso de programas estrangeiros, desde que procedentes de país que conceda reciprocidade aos autores brasileiros, não precisam ser registrados no Brasil (salvo nos casos de cessão de direitos).

 

 

setavermelha TOPOGRAFIA DE CIRCUITOS INTEGRADOS

 

1. O que é Topografia de Circuitos Integrados?


Resposta: Lei Nº 11.484/07 estabelece, em seu art. 26, que topografia de circuitos integrados é uma série de imagens relacionadas que representa a configuração tridimensional das camadas que compõem um circuito integrado e na qual cada imagem represente, no todo ou em parte, a disposição geométrica ou arranjos da superfície do circuito integrado em qualquer estágio de sua concepção ou manufatura.

 

2. Quais são os documentos necessários?


Resposta: O pedido de registro de topografia de circuitos integrados, que deve se referir a apenas uma topografia de circuitos integrados deve ser solicitado por meio de formulário próprio, devendo ser apresentados os seguintes documentos:

 

a) Descrição da topografia e de sua função;

b) Desenhos/fotos da topografia;

c) Circuito integrado relativo à topografia requerida;

d) Declaração de exploração anterior se houver;

e) Documento comprobatório de titularidade ou documento de cessão;

f) Autorização do titular de topografia original protegida, se for o caso;

g) Tradução pública juramentada de docs. em língua estrangeira;

h) GRU paga;

i) Procuração, se for o caso.

© 2013 | Joomla - v2.5 | Todos os Direitos Reservados |