O Negócio da Moda (ONDM) concentra em Santa Catarina alguns dos principais nomes do mercado para levantar temas como tendência de mercado e comportamentos do consumidor durante quatro dias, em Camboriú. “O setor têxtil e de confecções é um dos mais dinâmicos da economia catarinense e liderou a geração de empregos no Estado nos primeiros meses de 2017, sendo responsável por 26% dos postos de trabalho criados no período e por 21% do total de empregos industriais do Estado”, salientou o secretário de Estado do Desenvolvimento Econômico Sustentável (SDS), Carlos Chiodini, na abertura do evento, realizada nesta terça-feira, 19.

Vários profissionais de diversos segmentos, entre editores, jornalistas, palestrantes, estilistas, diretores de marketing, recursos humanos, CEOs e presidentes de associações, participam de palestras e debates. O público-alvo são as pessoas que atuam diretamente no mercado da moda, tanto na produção quanto no processo criativo.

Chiodini apresentou programas do Governo do Estado para o desenvolvimento econômico, como o Juro Zero, para microempreendedores individuais (MEIs); Investe SC, para atração de investidores e empresas de alto valor agregado; e o Programa de Desenvolvimento da Empresa Catarinense (Prodec). Segundo ele, o Estado tem dado prioridade para políticas públicas voltadas à inovação, citando a construção de 13 Centros de Inovação, para impulsionar a competitividade e consolidar a cultura do conhecimento.