Nesta quinta-feira, 28, foram entregues os prêmios das equipes vencedoras do 2º Hackathon #DesenvolveSC. A competição de programação do Centro de Informática e Automação de Santa Catarina (Ciasc) foi realizada entre os dias 18 e 20 de agosto. “As equipes trabalharam durante 40 dias para concluir o projeto e, agora, apresentaram o produto final”, explica o vice-presidente de Tecnologia do Ciasc, Luiz Antônio da Costa Silva.

O tema desta edição foi Segurança Pública. O primeiro lugar foi para a equipe Devoz, que recebeu R$ 5 mil pelo projeto WebZinhos. “Trabalhamos em um sistema de controle e gerenciamento da Rede de Vizinhos, projeto da Polícia Militar. Hoje são mais de mil grupos no WhattsApp e a plataforma vai facilitar o trabalho para a segurança da população”, explica o participante José Raupp.

Já o segundo colocado foi o grupo If- Else, premiado com R$ 3 mil pelo dispositivo Geo. O projeto é destinado à medição de umidade e movimentação do solo, com objetivo de auxiliar a Defesa Civil no monitoramento de áreas de risco.

O time Guardiões recebeu uma menção honrosa pelo aplicativo Protetor, que visa garantir o cumprimento das medidas protetivas de urgência, facilitando o atendimento das mulheres que estão em situação de risco, incluindo violência doméstica. “Em apenas um dia, são registrados mais de 60 casos de violência doméstica contra mulheres em todo o Estado. A ideia é que o aplicativo facilite a pedido de socorro, por meio de um botão do pânico”, conta Fabiane Nunes, membro da equipe Guardiões.

Os projetos WebZinhos e Protetor serão integrados ao aplicativo PM Cidadão, ação que faz parte de um acordo de cooperação técnica entre Ciasc e Polícia Militar de Santa Catarina (PMSC), que será firmado nos próximos dias. O 2º Hackathon #DesenvolveSC foi realizado com parceria da Secretaria de Estado do Desenvolvimento Econômico Sustentável (SDS), Secretaria de Estado de Segurança Pública (SSP) e Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC).