Nesta segunda-feira, 22, nove cidades do Vale do Itajaí firmaram o termo de cooperação para o SC Bem Mais Simples. O evento foi realizado na  na Associação das Microempresas, Empresas de Pequeno Porte e Empreendedores Individuais (Ampe) de Blumenau. "Nossa luta é contra a burocracia. Trabalhamos em um projeto que facilite a vida dos empreendedores, desde a abertura da empresa até a concessão de licenças e alvarás, de forma prática e agilizada, com menos custos e, principalmente, de forma mais célere", revela o secretário de Estado do Desenvolvimento Econômico Sustentável (SDS), Carlos Chiodini.

Blumenau, Ascurra, Ibirama, Brusque, Pomerode, Guabiruba, Chapadão do Lageado, Timbó e Gaspar se comprometeram em implantar o programa, que prevê o Enquadramento Empresarial Simplificado (EES), com base na autodeclaração dos empreendedores. A abertura de empresas classificadas como baixa complexidade, ou seja, que não comprometer a segurança sanitária, ambiental e tiver baixo potencial poluidor, será agilizada.

O prefeito de Blumenau, Napoleão Bernardes, lembrou que essa ação era há muito aguardada pela classe empresarial. "Facilitar a vida do empreendedor faz com que ele concentre sua energia naquilo que é mais importante, que é seu empreendimento”, disse. Para o senador Dalírio Beber, também presente no evento, a iniciativa pioneira do SC Bem Mais Simples deve servir de modelo para outros Estados. “Estamos em um momento em que todos acreditam fortemente na recuperação econômica e, esse programa, é um grande passo para consolidação da nossa economia”, afirmou.