O governador Eduardo Pinho Moreira assinou, nesta terça-feira, 3, em Tubarão, autorização para retomada das obras do Centro de Inovação, que irá promover o empreendedorismo na região. A empresa vencedora da nova licitação tem 180 dias para terminar os trabalhos. A obra já recebeu R$ 4,28 milhões na primeira fase. Para sua conclusão são necessários mais R$ 4,7 milhões, incluindo aditivo de R$ 1,6 milhão.

“Vamos investir nessa obra de inovação e tecnologia, fundamental para Tubarão, que tem essa vocação empreendedora. Os Centros são vitais como ferramentas modernas de desenvolvimento”, afirmou o governador. “O mundo gira em função da inovação”, concluiu Moreira.

GERAÇÃO DE EMPREGOS

“Esse empreendimento será o grande gerador de emprego e renda para Tubarão e para toda a região. O emprego do futuro passa pela inovação e hoje a gente dá um passo definitivo nesta direção”, enfatizou o prefeito de Tubarão, Joares Ponticelli.

A primeira fase da obra começou em junho de 2014 e terminou em dezembro de 2016, quando a construtora desistiu dos trabalhos, sendo necessária a realização de nova licitação. “Essa obra já era para ter terminado, mas como a empresa abandonou a obra, tivemos que relicitar. Agora está licitada e a ordem de serviço entregue. Trabalharemos para que, em dezembro, como disse o prefeito, nós possamos entregar a rodovia Ivone Fretta Moreira e o Centro de Inovação”, destacou Moreira.

O CENTRO DE INOVAÇÃO

O prédio de 3.879,63 metros quadrados terá auditório, além de salas para instalar empresas, mais espaços para coworking e áreas comuns. Além das empresas instaladas, outras poderão utilizar a estrutura para capacitações e consultorias ocasionais. A unidade de Tubarão faz parte da rede catarinense de 13 Centros de Inovação. Além de Tubarão, o Governo do Estado investiu na construção de centros em Lages (já inaugurado), Jaraguá do Sul, São Bento do Sul, Chapecó, Itajaí, Brusque, Blumenau, Joaçaba (todos estes em obras), Criciúma, Florianópolis, Joinville e Rio do Sul (em fase de projeto).